segunda-feira, 13 de julho de 2015

Paestum Mufasa na 125.ª e 126º Exposição Canina Internacional de Lisboa

este fim  de semana decorreram  as 125.ª 126ª  Exposição Canina Internacional de Lisboa.
 Mais uma  vez posso me dar por satisfeito  e  considerar que nao  foi  um resultado  desastroso para a raça em  geral ,   uma vez que o  ponto obrigatório para o  Campeão em  Portugal  foi  entregue a   Paestum  Mufasa         (  Paestum  First Ice Black  e Paestum  Tabata )  do  criador  e proprietário  Sergio Pastore do  Canil  Corsi  di  Paestum .  O  Mufasa é acima de tudo um  exemplar purissimo cuja as caracteristicas vao mais além de bons angulos e linha dorsal   , O  mufasa é  descendente de uma das  linhagem  de Cerberus que ao  longo destas ultimas decadas   foi de forma eximia  e responsavel  conservada na casa de Paestum por seus criadores  .O Resultado  do  Mufasa é sem duvida  uma homenagem a todos os  criadores que têm  conservado a raça até aos dias de hoje  é uma homenagem  a Paestum   , Antico  Cerberus e a alguns mais .

O  resultado  do  Mufasa vem  apenas confirmar uma das minhas convicções .

É melhor  perder uma exposição com um trabalho  em  que acreditamos  do  que ganhar  com algo  que para nós representa uma mentira . 

Pois a  vitória nas exposições  de beleza caninas é algo volátil e efêmero . 

Um  trabalho  de Canicultura tem que ser realizado ao  longo de decadas ,  de dentro para fora ,  e o  conteudo desta raça é a sua pureza.

É um equivoco  da parte dos criadores quererem  alterar  a raça afim  de satisfazer  a opinião  de quem pouco  sabe sobre a mesma . 

Não  pretendo  satisfazer a opinião  de gente que não  consegue nem   distinguir  o  Cane Corso  de um  presa Canário  ou  de um Bullmastiff de orelhas cortadas  .

Para as Arenas Da Caparica  apenas a opinião   de uns quantos conta .

A esses , eu dedico este resultado.






o  Eros  Das Arenas Da Caparica ( CRYSTAL NKM NERODEMONIO X Etan  DAC )  conseguiu  a nota de Excelente em  ambos os dias ,

  a "Guyni" Guineviere DADC (  Quinto  Elemento  DAC X Atenas DADC ) ficou  em  2º lugar  , 

o  Castrijanni  Sugno (  WW Desmo  DAC X Amelie )    1º lugar   Classe Aberta  (  perdendo para o Mufasa ) , 

a CH PT  Crystal  NKM NErodemonio  (  Dante DAC X Agatha Nerodemonio )  conseguiu  2X 1º Excelente Classe Campeãs + ccc +ccc (Qc) conseguindo  assim  o  2º ponto  obrigatório que lhe faltava para G CH Pt  .   



domingo, 21 de junho de 2015

O problema no Cane Corso é a falta de pureza .

                Existe  uma linha estreitissima que  separa as vantagens  que determinadas caracteristas de uma raça  lhe trazem   da degradação quer  a nivel de saude quer  a  nivel morfologico a que se  vem assistindo em  inumeras raças incluindo no  Cane Corso .
É  essa linha  que separa  a rusticicidade e saude   do Cane Corso que lhe foi cedida pelo passar  dos anos devido a um  apuramento e criação selectiva  nas fazendas Italianas ,da  degeneração  a que vimos assistindo nestes ultimos anos , linhagens repletas de Displasia ,problemas cardio respiratorios  etc...

É essa linha  que separa o porte atletico  e funcional que lhe fora exigido afim  de poder  cumprir  a sua tarefa de pastor  e cão de caça ,  da falta de mobilidade  ,agilidade e resistência que se encontra  nos   Cane Corsos que minam  os  ringues da "Ribalta" nos dias de hoje .
        
A tendência é piorar , a tendência é  os  juizes acharem cada vez mais que o  cão  de 70 kilos é que está  correcto e que um exemplar  de 50 kilos se encontra debilitado  e anorético .

Mas o problema   não é apenas o tamanho  

trata-se de inumeras outras caracteristicas como  a cabeça por  exemplo  ... é possivel  num ringue  constatar  que  varios cães com cabeças completamente  diferentes ,  umas de boxer  , outras de dogue alemão  ,  outras de presa  e todas com tamanhos diferentes  ,receberem  todos a nota maxima do mesmo juiz  :) .... 

portanto expliquem-me   Qual  é o vosso  critério ?? 

O problema da raça  são  os "RAFEIROS " !!!!!  os Rafeiros não !!! os  vigaristas que alegam a sua pureza ...

o  problema é  mundial pois  a falta de pureza  está instalada nos supostos melhores "criadores do  mundo  " a tendência é  para RAFEIROS  premiados em  exposições proliferarem em centenas de ninhadas por todo o mundo . 


Quer  me parecer  que  a unica esperança do  Cane Corso  reside nas mãos de pouquissimos criadores responsaveis e amantes  da raça que irão nos próximos anos exercer  a função de santuários de conservação da raça , aguardando  que esta bata  no  fundo afim  de reiniciar  a sua recuperação.

A  esses senhores(as) os verdadeiros amantes da raça ,   eu  tiro o chapéu .  


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Vou vos falar daquilo que me apaixona cada vez mais no Cane Corso :)

Vou vos falar daquilo que me apaixona cada vez mais no Cane Corso :)

Ao  contrário do  que possa parecer  , o que mais me fascina no Cane Corso  não  são as fotos de Facebook  de half breed's entre Dogues Alemães e  Mastins Napolitanos  tão  apáticos que poderiam estar naquela postura para a foto  uma eternidade , enquanto uma loira (ou morena)  vestida a rigor sorri e finge lhe dar um abraço ,   num jardim em que a relva se nota acabadinha de cortar :)  ...  tambem não me agradam  cane corsos tão pesados que em ringue só conseguem dar  uma série de voltas programadas ( causando um engarrafamento aos ccs que venham atrás )  e que caso contrário lhes seja pedido  uma  ou duas voltas extras corram  o risco de sofrer  um  enfarte do miocardio  :)
ou então cane corsos que em andamento conseguem em 1 metro  dar  10  saltinhos rapidissimos á altura do cotovelo esse nao é o andamento do cc ...

Não me agrada ver  ccs demasiados agressivos nem muito menos demasiado medrosos , não me cativa de maneira alguma  ver  cane corsos a tentar  morder  em tudo o que se mexe ou petreficados por sairem da sua box de canil  e verem mais pessoas  do que o tratador e o handler .

Enfim  ...

poderia enumerar  uma serie de exemplos e  de situações que retratam   os Cane Corsos nos dias de hoje essas alteraçoes  para mim não passam do que eu poderia chamar de "the Fast Food Evolution of the Cane Corso "

Porem o que vou fazer é dizer o que  me cativa no Cane Corso , poderia começar  pela sua história e tradição  mas não caindo no ridiculo  de dizer que o que me cativa no  Cane Corso é a sua historia pois este  era um cão usado nas Arenas de Gladiadores , na guerra pelos romanos etc...



não!!!    não o farei pois acho que essa propaganda  é meramente comercial serve apenas para vender caes a pessoas que procuram vangloriar-se  da voracidade do  cão que acabaram de adquirir .

 , poderei sim dizer que o CC descende de um molosso Romano  ( assim como quase todos os molossos Europeus )  que era utilizado na guerra e nas Arenas de gladiadores ,

Porem  a história e tradição a que me refiro é bastante menos romântica  , porem foi essa realidade  que lhe aferiu as caracteristicas que mais o definem , falo da sua história como companheiro do agricultor e fazendeiro Italiano  que o utilizava como pastor  , guarda , boieiro ,  cão  de caça  e amigo da familia, tudo  em simultaneo , permitindo-lhe atingir a sua versatilidade ,


Versatilidade essa que é sem duvida aquilo que mais me atrai no Cc ,  é fantástico  ver um  Cane Corso de 54 kilos atirar-se ferozmente a um portão de 2 metros ao ouvir um estranho  e logo de seguida   abanar a cauda á minha filha de 9 anos enquanto esta o repreende , a seguir,   deixar o estranho entrar na propriedade sem qualquer sinal de agressividade ao perceber que esta entrada é consentida por um  membro a familia .

o que me cativa no Cane Corso  é a sua rusticidade , as sua saude ,  a sua longevidade , um  CC puro poderá durar até 12 , 13 e até 14 anos ,  um "CC de tipo Mastim , boxer ou Bullmastiff " terá uma longevidade muito semelhante a essas raças que duram 7, 8, 9 anos na melhor das hipoteses .A introduçao dessas raças no CC veio tambem trazer problemas de saude que até á data não existiam  pois o CC era um cao de trabalho e não para dar trabalho .

O  que me cativa no CC é o seu movimento , é a multiplicação da sua sua força pela sua velocidade que lhe concede a sua potência , daí o porque de não poder ser demasiado pesado senão jamais poderá atingir a velocidade necessária para se tornar potente , ficar-se-á pela força que de nada lhe serve pois a  versatilidade exige-lhe que se mova como uma flecha , sendo simultaneamente resistente afim de poder completar  o seu dia laboral que lhe exigia por vezes caminhar dezenas de kilometros diários .... (  nao vejo uma serie de Cane Corsos conceituados em  exposiçoes  durar um dia que seja nestas circunstancias . 


É por isso  queo que me cativa tambem  é a rigorosidade e o detalhe com que foi elaborado o seu  estalão , nada se encontra no estalão  ao  acaso  ,  o estalão do Cane Corso do Prof. Morsiani  é uma formula  matemática  cujo o resultado é uma estrura ossea e muscular  que lhe permitem ser um  companheiro funcional do fazendeiro italiano ,  um feroz guarda de propriedades extensas ou curtas , um voraz caçador  quer de caça grossa ou pequena e ao chegar a casa ser um fiel e equilibrado amigo da familia e pastor de animais indefesos sem os atacar .
Por esse motivo não me agradam as alteraçoes  que grande parte dos pseudo conhecedores da raça defendem  que deveriam acontecer  no estalao do  Cane Corso do Fci , não me agradam os "mastadontes" que são levados a exposiçoes com pedigrees de Cane Corso , cães
que não a meu ver  deveriam ser  submetidos a provas basicas como resistencia ,velocidade e equilibrio temperamental  sem falar  numa avaliaçao rigorosa no que diz respeito á morfoogia antes mesmo  de lhes ser atribuido um pedigree ou lhs ser permitido reproduzir  , pois ha muito rafeiro a reproduzir  com pedigree de Cane Corso  e até mesmo a ganhar exposiçoes :)  enfim ha muita coisa que nao agrada a um verdadeiro amante da raça .

no entanto  ha muita coisa que me agrada ,e sao essas coisas qu eme apaixonam cada vez mais por esta raça , entre muitas outras coisas ,   agrada-me correr ao lado dos meus CC's observando a sua movimentação  ,  sua agilidade e resistência , cativa-me observar os seus "jogos de luta " ( o brincar entre dois CCS ) que de uma forma didatica  e inofensiva lhes pemite em matilha , ensinar os mais novos a movimentarem-se dentro de uma luta,  cativa-me nadar com eles, perceber que estão tão ligados a mim  que me seguiriam   até onde fosse apesar  de por vezes a água nao ser o lugar predilecto para muitos deles , cativa-me o seu sentido de orientação mesmo por vezes no meio de matas escuras e a altas horas da noite ,  cativa-me  o seu  estado de alerta permanente como se jamais esquecesse a sua função de guardião do  dono  .


 Mas devo confessar  que o que mais me cativa e marca a diferença entre o CC e muitas outras raças   é quando  estas " Bestas  ferozes" que jamais hesitariam morder  alguem que represente uma ameça  contra um dos seus  donos ,  exaustos ao fim de um dia de muita atividade  se deitam  e dormem delicadamente na cama das minhas filhas. :)  <3 <3 <3